Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

A redação acadêmica requer concisão e economia de palavras

Grande parte do esforço do revisor de textos está em obter com o autor a concisão atenda ao princípio de economia linguística, empregar o mínimo de palavras para informar. Concisão e economia linguística devem ser entendidas como economia de pensamento, não se devem eliminar passagens para reduzir o texto para encurtá-lo. Trata o revisor de cortar palavras inúteis, redundâncias, passagens que nada acrescentem ao que já foi dito.
Concisão e clareza na redação científica moderna by Keimelion - revisão de textos
Share on Tumblr

Revisamos também textos técnicos de engenharia e arquitetura

Os textos de todas as áreas profissionais, relatórios, projetos, propostas comerciais devem se apresentar corretos e comunicando bem. Mas raramente isso acontece. Muitas vezes, isso ocorre por desleixo e até por desconsiderarem a necessidade da contratação de serviços de revisão. As autoras deste trabalho visaram contribuir para a divulgação da importância da atividade profissional do revisor de textos e de esclarecer como se desenvolve o processo de revisão de textos técnicos de engenharia e de áreas correlatas. Elas desenvolveram a pesquisa com base em suas atividades profissionais e em dados coletados a partir de entrevistas feitas em empresas de engenharia. Constata-se a falta de valorização da atividade de revisão e, consequentemente, da qualidade do material produzido por empresas destes ramos, com a consequente desvalorização da atividade principal empresa. REVISÃO DE TEXTOS TÉCNICOS DE ENGENHARIA
Share on Tumblr

Revisão de textos aplicando a teoria da valência

A proposta da autora é aplicar postulados da teoria de valências, que tem o verbo como centro lógico-semântico da sentença, como recurso auxiliar no trabalho de revisão e de edição de texto. O papo aqui é completamente técnico, mas serve para ilustrar como existem abordagens e considerações no ramo da revisão de textos aos quais os autores não estão absolutamente atentos. A teoria das valências, no contexto do pensamento funcionalista, considera o texto como processo dinâmico, com dependências de interação social, com função representativa dependente do usuário e, portanto, as considerações sintáticas se subordinam às representações cognitivas. Como se pode entrever, o tema é complexo.
A TEORIA DE VALÊNCIA APLICADA AO TRABALHO DE REVISÃO DE TEXTOS
Share on Tumblr

Revisão de textos taquigráficos e de transcrições de áudio

Os textos produzidos a partir de transcrições, de origem taquigráfica ou provenientes de registro em áudio, requerem específica atenção do revisor. É necessário preservar, em alguns casos, as características de espontaneidade da elocução, adaptando-a ao registro formal, tanto quanto possível; é o que ocorre no caso dos textos judiciários ou parlamentares. O mesmo se dá na transcrição para o texto acadêmico, principalmente no contexto em que as entrevistas semi-estruturadas estão em voga e no qual os registros e transcrições de fragmentos delas em teses e dissertações é tão comum. No artigo que se segue, a autora procurou entender os desafios da retextualização no contexto do judiciário.
REVISOR DE TEXTOS TAQUIGRÁFICOS NO JUDICIÁRIO BRASILEIRO
Share on Tumblr

A revisão de textos considera a prática discursiva específica

Nosso foco é a revisão de textos acadêmicos. Precisamos estar sempre atentos à prática discursiva deste gênero específico de produto, mantendo assim o registro adequado segundo esperado pelo autor. Neste artigo, a autora investiga as concepções sobre o ensino-aprendizagem da escrita acadêmica, a partir das respostas a um questionário sobre esse tema respondido por um grupo de alunos de mestrado, após terem participado de uma oficina de produção de textos acadêmicos. Esse tipo de conhecimento é importante subsídio para que nós desempenhemos a revisão acadêmica nos moldes preconizados pelo gênero proposto.
PRÁTICAS DISCURSIVAS E ENSINO DO TEXTO ACADÊMICO