18 de janeiro de 2015

Dicas sobre resumos de trabalhos acadêmicos

Quer seja monografia ou artigo científico, tenho visto muitas falhas nas redações de resumo; o mesmo ocorre também nas teses e dissertações. 

Para apoiar os os autores na apresentação dos resumos de seus trabalhos acadêmicos, descrevemos algumas dicas com base na NBR 6028:2003.
Resumo é uma apresentação concisa dos pontos relevantes de um documento (NBR 6028:2003).
Na hora de arquivar, o resumo explica o assunto.
Os resumos merecem mais atenção
que as pessoas têm dado a eles:
permitem a "espiada" no texto.

Tipos de resumo

De acordo com a NBR 6028:2003, podemos ter os seguintes tipos de resumos:

  • resumo crítico: Resumo redigido por especialistas com análise crítica de um documento. Também chamado de resenha. Quando analisa apenas uma determinada edição entre várias, denomina-se recensão.
  • resumo indicativo: Indica apenas os pontos principais do documento, não apresentando dados qualitativos, quantitativos etc. De modo geral, não dispensa a consulta ao original.
  • resumo informativo: Informa ao leitor finalidades, metodologia, resultados e conclusões do documento, de tal forma que este possa, inclusive, dispensar a consulta ao original.

Estrutura do resumo

O resumo para artigos científicos e monografias é o do tipo indicativo e deve conter:


  • 150 a 500 palavras (monografia, teses, dissertações e relatórios científicos).
  • 100 a 250 palavras (artigo científico).
  • 50 a 100 palavras os destinados a indicações breves.
  • Os resumos críticos, por suas características especiais, não estão sujeitos a limite de palavras.
  • O resumo deve ser precedido da referência do documento, com exceção do resumo inserido no próprio documento.
  • Frases concisas e afirmativas e não enumeração de tópicos.
  • Parágrafo único.
  • Escrito na 3ª pessoa do singular.
  • A primeira frase deve ser significativa explicando o tema principal da monografia, depois texto sobre memória, estudo de caso, análise da situação, etc.
  • Objetivo/finalidades, metodologia, resultados e conclusões.
  • Verbo na voz ativa.
  • Logo após o resumo deve vir as palavras-chave que são palavras representativas do conteúdo do documento, escolhida, preferentemente, em vocabulário controlado.
  • As palavras-chave devem ser separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto.

Devem-se evitar no resumo:

  • Símbolos e contrações que não sejam de uso corrente;
  • Fórmulas, equações, diagramas etc., que não sejam absolutamente necessários; quando seu emprego for imprescindível, defini-los na primeira vez que aparecerem.
Costuma-se classificar como resumo acadêmico uma série de textos diferentes. Chamam de “resumo” textos técnicos com uma avaliação crítica (resenhas), apresentações resumidas de filmes e livros (sinopses), blocos de texto introdutórios numa pesquisa acadêmica (os abstracts) e até mesmo o processo de produção do resumo em si (a sumarização). Isso ocasiona dois problemas. O primeiro é que a nomeação nem sempre é sistemática e homogênea: um mesmo gênero pode ser encontrado sob nomes diferentes em veículos comunicativos diferentes, como é o caso da sinopse que, em alguns periódicos, aparece com o nome de “resumo”. O segundo é o obscurecimento da relação entre o gênero e os textos que o materializam, como é o caso do resumo enquanto síntese de um texto acadêmico e o resumo enquanto apresentação de um trabalho científico, ambos identificados por muitos como sendo relativos ao mesmo gênero. Entretanto, o resumo introdutório de monografias, dissertações e teses já tem caminhado na direção de uma independência; portanto, deve ser reconhecido como um gênero à parte, nomeado por alguns de abstract.
abstract, por sua vez, vem recebendo muita atenção nos últimos anos, sendo considerado uma espécie de subgênero do resumo, comumente encontrado em monografias, trabalhos de conclusão de curso, dissertações de mestrado e teses de doutorado. Sua função comunicativa básica costuma ser fornecer uma descrição sucinta do conteúdo do trabalho, poupando tempo ao leitor e ajudando-o a determinar o grau de interesse que aquela pesquisa assume para ele em si. Já está demonstrado que a composição de um abstract varia de acordo com fatores de ordem cultural, linguística e disciplinar. Esses fatores determinam a predileção do pesquisador de determinada área por certas escolhas linguístico-discursivas, numa quantidade e posicionamento específicos no texto.
Vejamos agora alguns dos principais traços característicos do resumo acadêmico mais especificamente. Ele faz parte de uma atividade primariamente de reescritura, na qual se resguardam a coerência e coesão em relação ao texto fonte, constituindo-se, porém, uma nova unidade que pode ser lida independentemente. O resumo tem por função apresentar de forma concisa as ideias básicas de um texto e é composto por sequências narrativas que preservam, ou refletem, estruturas linguísticas do texto original, mantendo seu modelo global relativamente intacto.
Assim, por se tratar de uma simples apresentação sintática do conteúdo e organização do texto fonte, esse gênero não costuma conter comentários ou julgamentos relativos ao texto resumido, papel que normalmente cabe à resenha. De modo geral, o resumo é considerado satisfatório se for claro, breve e fiel, se utilizar palavras próprias, bem como se enfatizar a ideia central do assunto.
Fragmentos adaptados de Lopes.
Entre os elementos que devem fazer parte do novo texto produzido, podemos destacar:
  1. correção gramatical e léxico adequado à situação escolar / acadêmica;
  2. seleção das informações colocadas como as mais importantes no texto original;
  3. indicação de dados sobre o texto resumido;
  4. organização de tal modo que o leitor possa conhecer o conteúdo global, o desenvolvimento das ideias do texto e a articulação entre elas;
  5. apresentação das ideias principais do texto global e de suas relações; 
  6. possibilidade de compreensão do resumo final por si mesmo.

Revisão e formatação de teses e dissertações há mais de quinze anos.

Informações de preços, serviços e condições.
São Paulo: +55 (11) 3042-2403 Rio de Janeiro: +55 (21) 3942-2403 Belo Horizonte: +55 (31) 3889-2425
Brasília: +55 (61) 4042-2403 Porto Alegre: +55 (51) 4042-3889 Skype: keimelion
Solicite orçamento sem compromisso, enviando o texto para nós.
Não elaboramos trabalhos de graduação ou pós. Não insista.