13 de abril de 2013

As dúvidas e o bloqueio da redação

Todos os autores já experimentaram a sensação: surge uma dúvida linguística e a ela interrompe o raciocínio na hora de escrever. Quem está produzindo uma tese ou dissertação não pode enfrentar esse tipo de problema, o mesmo ocorre com quem escreve um romance. O melhor procedimento é deixar a redação fluir, registrar primeiro a ideia e depois se preocupar com a correção do texto, seu aperfeiçoamento. Não perca a concentração sobre o que está escrevendo, pois sua ideia pode nunca mais voltar, mas a questão gramatical ou estilística pode ser resolvida mais tarde.
Temos orgulho de colaborar em dissertações excelentes.
O papel da revisão de textos é evitar
que as dúvidas atrapalhem o autor e
o leitor, melhorando a comunicação.
Mas, e se se depois a dúvida for esquecida? E pode ser que aconteça, principalmente em textos grandes. E se nunca mais você se deparar com aquele pequena questão da redação em sua enorme tese? Esteja certo de que haverá centenas de micro questões em todo texto. Depois de escrito, lido e relido, o autor não se lembra mais desses detalhes – ou não os vê. Bem, então é hora de contratar o revisor de textos. Revisor de textos é aquele profissional caro que dedica sua vida se treinando para estar atento às mínimas questões de língua. Ele vai enxergar aquele problema que você viu, vai sanar a dúvida que você teve e vai apresentar uma solução estética e comunicacional a seu texto. O revisor var enxergar ainda muita coisa que você não viu e ter certezas sobre dúvidas que você nem teve.
O revisor de textos se preocupará com tantas coisas sobre o que você escreveu que você nem pode imaginar: da ortografia, concordância e das questões corriqueiras da gramática todo autor tem notícia, mas e da coerência e coesão, você sabia? E quanto a eufonia e ritmo das frases? Você prestou atenção aos elementos anafóricos e catafóricos em seu texto? As construções passivas são uniformes e o corpus léxico é condizente com o registro do texto? Bem, isso é para o revisor tratar. Cuide de sua área de conhecimento, da qual o revisor terá muito pouca notícia, afinal você é o maior especialista do mundo em sua pesquisa, mas não queira entender de texto tanto assim.
Por outro lado, se você trabalha exatamente com o texto como objeto de sua pesquisa, a questão é outra: nesse caso você conhece bem a necessidade de um leitor externo, experiente e competente, que tenha distanciamento de seu produto para ter sobre a redação a visão alterna, o ponto de vista do leitor.
Em qualquer caso, quem já escreveu e viu a interferência de um revisor profissional sobre um bom texto, sabe bem o quanto a emenda melhora o soneto. Todo texto pode sempre ser melhorado, inclusive pelo próprio autor. Mas chega-se a um ponto em que somente um profissional competente pode dar a polida final que vai valorizar o produto para ele tenha o brilho que os leitores merecem. A revisão evita ao leitor a quebra na leitura, a interrupção do raciocínio que um texto com um problema linguístico apresenta. Aquela dúvida que atrapalhou a redação, lá no início, vai atrapalhar a interpretação aqui no fim – mas só se o revisor não tiver atuado.


Compartilhe
São Paulo: +55 (11) 3042-2403 Rio de Janeiro: +55 (21) 3942-2403 Belo Horizonte: +55 (31) 3889-2425
Brasília: +55 (61) 4042-2403 Porto Alegre: +55 (51) 4042-3889 Skype: keimelion
Atendemos em horário comercial.
Para solicitar orçamento, envie o texto.
Não elaboramos trabalhos de graduação ou pós. Não insista.