5 de setembro de 2012

Contra plágio e outras fraudes acadêmicas

Seguimos em nossa colaboração contra todo tipo ilicitude nos trabalhos acadêmicos. Nosso trabalho visa sempre colaborar no aperfeiçoamento dos textos e, de tal modo, dar nossa contribuição ao desenvolvimento do saber. O plágio, a contrafação de trabalhos (até a compra de teses e dissertações), e mesmo a falsificação de diplomas têm se tornado problemas graves no Brasil - e já eram no exterior, mas são questões que se agravaram com o advento da internet.
Jamais entregue uma tese a um revisor que vende trabalhos.
O plágio deteriora o saber e a ética;
fazemos de tudo para o combater.
Todavia, a própria rede tem muitos mecanismos que propiciam a identificação de todo uso ilícito de textos alheios. Reproduzimos aqui essas indicações advindas do Portal Universia, tendo-as como de utilidade pública.



Detectores de fraudes
O site Turnitin oferece o programa de identificação de plágio em mais muitos idiomas, inclusive o português e é usado por mais de 1 milhão de professores em todo mundo.
O site iThenticate é um dos mais populares para detectar e previnir plágios profissionais. 
O site Plagiarism detect que detecta plágio gratuitamente.
O site Plagetraker é um verificador livre e gratuito de plágio on-line.
O software Plagius consegue detectar cópias em arquivos de diversos formatos como Word, Pdf, OpenOffice, HTML e texto simples.
O software Ephorus pode ser usado temporariamente sem cobranças
Site Farejador de Plágio em português que garante detectar cópias em trabalhos.
O programa JPlag não rastreia conteúdos online, mas procura similaridades entre os trabalhos dos estudantes.
O DOC Cop é outra ferramenta que também detecta a cópias.
São Paulo: +55 (11) 3042-2403 Rio de Janeiro: +55 (21) 3942-2403 Belo Horizonte: +55 (31) 3889-2425
Brasília: +55 (61) 4042-2403 Porto Alegre: +55 (51) 4042-3889 Skype: keimelion
Atendemos em horário comercial.
Para solicitar orçamento, envie o texto.
Não elaboramos trabalhos de graduação ou pós. Não insista.