23 de maio de 2016

Revisão de textos: pessoas, processos, produto

A revisão de textos é serviço que está no mercado como diversos outros, assemelhando-se a todos os demais no que se refere às necessidades de qualidade, atendimento e de profissionais.

O foco em pessoas, processos e produto no mercado tem tido grande visibilidade a partir da série de TV transmitida no Brasil sob o título de O Sócio (The Profit – no original), em que Marcos Lemonis socorre diversos negócios com aporte de capital e de seus conhecimentos empresariais. Temos visto que a trilogia dos pês se aplica quase universalmente ao mercado; por isso, tentamos entender como ela se relaciona a nosso serviço, como revisores de textos.
A revisão de textos é serviço a ser prestado com todas as exigências de qualidade que o mercado requer.
A revisão de textos é serviço
que requer pessoal qualificado,
processos bem estabelecidos,
para alcançar um produto
satisfatório.
Antes de mais nada, veja que nosso serviço não é exatamente como qualquer outro, em que os profissionais de boa qualidade podem prestar sempre serviços assemelhados. A venda de um objeto, por exemplo, pode ser mais ou menos bem-feita, mas o objeto será o mesmo comprado em qualquer balcão. Nas revisões de textos, mesmo as excelentes, cada qual chegará a um produto final diferenciado: por isso, podemos dizer que revisão de textos é serviço personalíssimo!
Mas, nós, revisores de textos da Keimelion e empresários do ramo, temos que estar focados em pessoas – pois a qualificação de revisores, sua experiência, profissionalismo e formação são fundamentais; temos que ter em vista os processos, pois precisamos ser encontrados pelos clientes, precisamos transmitir a eles confiança em nossos serviços, é necessária transparência naquilo que ofertemos, e precisamos apresentar diferenciais em relação aos concorrentes; nosso produto é um pouco diferente da maioria, pois recebemos o texto do cliente e nosso compromisso é devolvê-lo melhor, em muitos sentidos, e de tal forma que agrade ao cliente e ao público a que o texto se destine. Isso tudo implica em incontáveis elementos de subjetividade com os quais trabalhamos cotidianamente, em cada serviço nosso.
Vamos discutir e apresentar agora, a revisão de textos no enfoque da Keimelion quanto a pessoas, processos e produto. Essa visão que temos hoje é resultado da experiência de mais de quinze anos no mercado de revisão de todo tipo de texto, mas com foco em teses, dissertações e artigos científicos. Nossa principal área de atuação é o meio acadêmico, com seus textos bem peculiares e suas necessidades específicas, mas também atendemos a clientes das mais diferentes áreas empresariais, revisando relatórios, projetos, propostas comerciais, atas e todo tipo de texto que as empresas produzem. Também temos em nosso portfólio alguns romances revisados, livros de arte, poesia, memórias, biografias. Afinal, nosso objeto é um só: o texto, em suas mais diversas versões e mais variados gêneros – bem como temos lidado com textos destinados às mais diferentes mídias; desde as teses até blogs, desde a imprensa até a televisão.

12 de março de 2016

Manual para Redação Acadêmica - o aplicativo

Conheçam nosso Manual para Redação Acadêmica, agora como aplicativos para AndroidFacebook e para iPhone.

Para ajudar na produção de textos científicos. 
Útil ao estudante ou pesquisador.
Disponível - de graça.
Visão do aplicativo na versão
para Android, nos celulares
e tablets que rodam o programa.
Há também versão iPhone.

O Manual da Keimelion é direcionado ao trabalho acadêmico: teses, dissertações, artigos científicos, TCCs, relatórios; ele contém as características gerais e requisitos de cada tipo de texto exigido aos autores. Há um capítulo sobre as Referências e Bibliografia, onde esmiuçamos as formas de apresentar as fontes pesquisadas. Depois, há um Quadro de Normas, em que são indicadas algumas das normas da fonte mais indicada no Brasil, a ABNT. Em seguida, entramos na parte linguística e gramatical: o capítulo Gramática e Estilo apresenta uma série de questões textuais formais; Cem Erros Comuns são listados para que os autores fujam deles; o Novo Acordo Ortográfico é discutido e as novidades que ele apresenta são apontadas. Na sequência, vêm algumas questões relativas à Revisão do Texto, para que os autores entendam como esse trabalho é feito e para que possam melhorar por si seus textos menos importantes. Um pequeno Glossário com terminologia ligada à redação acadêmica e ao ofício da revisão completa o aplicativo.

8 de março de 2016

Tendências linguísticas atuais que dão nos nervos

Existem modas e modismos em língua; nós, revisores de textos, somos muito atentos a esses fenômenos ocasionais no idioma; em alguns casos, os aceitamos, noutros, sugerimos modificações.

Quanto a tais tendências, que costumam não passar de modismos, todo revisor de textos tem suas idiossincrasias (ou manias mesmo), mas, em algumas delas, nós somos unânimes. Para cada gênero textual, cabem algumas considerações que não cabem, necessariamente, a todo tipo de escrito: no texto estritamente formal, como as teses e dissertações, quase nunca cabem as novidades da língua.
Nesta postagem, vão algumas observações de nosso colega Percival de Carvalho que revisa (ou coloca vírgulas - como ele mesmo diz) na Agência W3. Obrigado a ele por nos emprestar suas observações e sua experiência com textos.

Passamos a dialogar com Percival:
Os autores recebem influência de tudo que ouvem e veem.
Os textos que produzimos
recebem as influências de
todo tipo de mídia.


– Passou-se a usar, sempre que possível, o sufixo diminutivo “-zinho”, evitando-se a todo custo a forma “-inho”. Agora é “cadernozinho”, não “caderninho”; é “tabelazinha”, não “tabelinha”; é “talcozinho” (“tal cuzinho”?), não “talquinho”.
Caso encontremos esse tipo de construção em textos formais, para o qual não haja alguma justificativa plausível, optamos por sugerir a forma mais curta ou eufônica (que soe melhor).
– Depois de quase todos os mais castiços e modelares escritores de língua portuguesa usarem a torto e a direito as contrações “num” e “dum” (com as variantes flexionais: “numa”, “duma”, “dumas”, etc.), em algum ponto indetectado da nossa história, elas se tornaram feias, desleixadas, muito coloquiais, execráveis. Agora, cidadãos de bom gosto, educação e formação empregam obrigatoriamente as formas não contraídas (“em um”, “de um”).
Na Keimelion, procuramos sempre sugerir uma redação moderna e fluente aos textos de nossos clientes, com coerência nas construções entre os diversos segmentos equivalentes do mesmo texto – a regra de ouro é a uniformidade, segundo a construção preferida pelo autor.

3 de fevereiro de 2016

A escolha do orientador para a tese ou dissertação


Existem alguns prós e contras a se ter em mente ao escolher alguém importante para orientar sua tese de doutoramento ou a dissertação de mestrado. E existem muitos contras em se escolher alguém com má fama.

Discute-se sobre a qualidade, rigor, ética e preparação dos estudantes de pós graduação. Eles são monitorados, medidos e ridicularizado por seu despreparo ou pelo lento progresso para a conclusão do trabalho final, tese ou dissertação. Mas as inconsistências e problemas com os orientadores e as orientações que eles fazem costumam ser esquecidas nas críticas.
Os orientadores acadêmicos e os revisores de textos são figuras importantes na elaboração da tese.
O estudante escolhem o programa de
pós-graduação que lhe interesse e
deve escolher com rigor o
orientador adequado.
Os piores orientadores compartilham três características imperdoáveis:
  • Não leem o texto dos alunos antes de os discutir;
  • Nunca se reúnem com o orientando;
  • São egoístas, egocêntricos, obcecado com a carreira.

Faça sua pesquisa. Faça perguntas. Use as questões seguintes para ajudar sua decisão:

Revisão e formatação de teses e dissertações há mais de quinze anos.

Informações de preços, serviços e condições.
São Paulo: +55 (11) 3042-2403 Rio de Janeiro: +55 (21) 3942-2403 Belo Horizonte: +55 (31) 3889-2425
Brasília: +55 (61) 4042-2403 Porto Alegre: +55 (51) 4042-3889 Skype: keimelion
Atendemos em horário comercial estendido.
Solicite orçamento sem compromisso, enviando o texto para nós.
Não elaboramos trabalhos de graduação ou pós. Não insista.