19 de março de 2017

Formação de preços nos serviços de revisão

Desinformação como causa prejudicial na avaliação dos orçamentos de revisão de textos.

O mercado de revisão é caracterizado pela elevada fragmentação. Atualmente, há centenas, milhares de ofertas de serviços de revisão de textos, sobretudo na internet, entretanto, nenhum dos prestadores detém mercado de mais de 1% dos trabalhos. Quando a Keimelion se apresentou na praça, havia muito pouca concorrência: as pessoas ainda não haviam descoberto a internet como possibilidade de trabalho, principalmente na área da revisão de textos.
O preço dos serviços da Keimelion não são os menores.
Se você chegou aqui querendo
saber sobre nossos preços, vá
para Tabela de Preços.
Àquela época, a maioria dos revisores ainda trabalhava em papel, muitos com forte resistência a fazer o serviço na tela. Quando as pessoas descobriram a possibilidade de anunciar-se e receber trabalhos pela internet, houve uma explosão de ofertas. Mas o que aconteceu, em muitos casos, foi o surgimento de estudantes e pessoas que se propunham a fazer serviços de revisão visando renda complementar.
É legítimo supor que o fenômeno da fragmentação do mercado de revisão tenha deteriorado os preços; de fato, o que surgiu foi uma oferta muito grande de serviços que, por seus valores irrisórios, indicam a baixa qualificação ou o amadorismo dos que os oferecem. Infelizmente, com grande surpresa e embaraços, algumas pessoas contratam esses serviços apenas pelo valor, sem considerar a qualidade do trabalho que será entregue. Sim, há muitas variações qualitativas entre os serviços de revisores, pois não se trata apenas de correção ortográfica e sintática – há muito mais coisas envolvidas numa revisão consciente e profissional. É tão complicado quanto difícil tentar compreender as razões pelas quais algumas pessoas cobram tão pouco – e outras se dispõem a contratar o serviço barato – no limite, corre-se o risco até de que trabalho não seja concluído e o autor se surpreenda, à última hora, por seu serviço não ter sido feito. São muitos os casos de “revisores” que “somem” por não ter dado conta da messe.

15 de março de 2017

Corrupção na pós-graduação: o mercado de teses

Vamos fazer aqui algumas observações gerais sobre a questão da “venda” de trabalhos acadêmicos.

Faremos considerações sobre o estabelecimento do problema da corrupção nas pós-graduações, partindo da dificuldade para identificação dos fornecedores de teses e dissertações, e considerando os serviços que se oferecem; serão feitos apontamentos sobre seus custos em diferentes serviços e generalizações para o contexto do sistema educativo. É inútil tentar identificar o número de pessoas e empresas que oferecem esse tipo de “serviço” no Brasil: as empresas e pessoas surgem e desaparecem no mercado sem aviso prévio, sendo impossível determinar as que existem e as que já desapareceram, mas ainda estão com as propagandas esparsas pela internet. O custo do mercado de monografias, dissertações e teses se estende muito além da sua expressão monetária. Doutorados falsos minam a credibilidade de doutorados reais, o mesmo acontecendo nos cursos de mestrado, especializações e – não menos – nas graduações.
Existe diplomas e teses falsos à venda onde quer que se deseje comprar.
Existem teses e diplomas à
venda por que existe quem
compre e há total impunidade.

Introdução à fraude acadêmica

Infelizmente, nem mesmo se pode dizer que seja raro o mercado de produção de teses: ele existe por haver consumidor de “textos acadêmicos” à venda. Por “textos acadêmicos para venda” entendemos todo tipo de artigos, monografias, dissertações e teses feitas por terceiros para serem apresentadas como trabalhos acadêmicos originais por aqueles que aspiram a receber grau ou crédito indevidamente, por meio da compra do texto, dissertação ou tese, em vez de o escrever.

10 de março de 2017

O complexo processo da revisão de textos

Vamos apresentar a revisão de textos como um processo complexo.

Este artigo se destina a ilustrar, com alguma profundidade, aspectos da revisão de textos que a maioria de nossos clientes desconhece; normalmente, pessoas com formação diferente da linguística, tendem a confundir revisão de textos com as correções das redações feitas pelos professores – mas isso é um equívoco.
Revisão sempre é um procedimento complexo que requer alteridade.
Ao que chamamos revisão de texto,
em inglês se refere como
proofreading.
Revisão de textos é uma atividade multidimensional caracterizada por uma série de processos complexos, e pode ser descrita de diferentes perspectivas. O processo de revisão é de ordem superior dentre as tarefas cognitivas (como a leitura ou escrita) com um problema muito significativo para resolver: o revisor deve ler com os olhos do autor e do leitor a que o texto se destina. Revisores trabalham com representações mentais dos textos a fim de processar e transferir a informação, ou seja, a informação deve ser extraída, interpretada e representada na mente; em seguida, verifica-se se a representação no texto corresponde à intenção do autor e à interpretação projetada para o público-alvo.

Modelos de revisão

A revisão é um subprocesso implícito que precisa ser explicitamente incorporado à produção de textos. No entanto, essa abordagem pode, indesejavelmente, degradar sua importância. Especialmente os alunos de pós-graduação devem perceber a importância da revisão profissional e completa de seus textos. A fase de revisão, do projeto à tese, deve ser considerada tão importante quanto o resto das etapas de redação. Nenhum projeto de investigação científica, inclusive os de mestrado e doutorado, está terminado antes de ser alocado para revisão: análise da consistência e coerência, verificação de gramática, detecção de quaisquer fragmentos omitidos ou repetidos e uma miríade de outros problemas recorrentes em textos longos como são as teses e as dissertações.

9 de março de 2017

Revisor de textos: ofício, práticas, preços

Vamos tratar de diversos aspectos da profissão de revisor de textos.

A revisão não é uma ocupação de muito prestígio, embora requeira grande expertise e responsabilidade. O revisor permanece discretamente entre o autor e o leitor e seu objetivo é negociar problemas linguísticos existentes ou potenciais no texto, para que todas as partes envolvidas fiquem satisfeitas. O revisor é o terapeuta que melhora o texto para assegurar a facilidade de processamento mental e adequação do produto a seus futuros leitores.
A principal missão de um revisor é se voltar sobre o texto mais de uma vez para fins de avaliação e fazer ou sugerir alterações no escrito visando corrigir problemas detectados durante a avaliação.
O preço da revisão varia em função da qualificação e experiência do revisor.
Os revisores mais experientes,
mais qualificados e mais
rápidos cobram mais por seus
serviços. Valem o que cobram.
A fim de ser capaz de fazer que se requer do revisor, ele necessita possuir certas qualificações e competências. No conjunto de qualidades e habilidades que integram o perfil do revisor, encontram-se: sua formação cultural e contexto educativo, hábitos, histórias de vida e capacidade de autoavaliação, bem como suas experiências e condições de trabalho como profissional de revisão. Cada revisor tem sua combinação individual de habilidades, competências e conhecimentos, um padrão individual, e esse padrão de competência individual pode ser reconhecido e identificado em seu produto como revisor e seu comportamento profissional durante o processo de revisão.
São Paulo: +55 (11) 3042-2403 Rio de Janeiro: +55 (21) 3942-2403 Belo Horizonte: +55 (31) 3889-2425
Brasília: +55 (61) 4042-2403 Porto Alegre: +55 (51) 4042-3889 Skype: keimelion
Atendemos em horário comercial.
Para solicitar orçamento, envie o texto.
Não elaboramos trabalhos de graduação ou pós. Não insista.